Comissão de Ciência e Tecnologia debate acesso a provas pelas autoridades em crimes cibernéticos

12/08/2019

A Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTCI) promove audiência pública nesta quinta-feira (15/08) para discutir soluções legais para que as autoridades acessem provas para resolução de crimes cibernéticos.

O autores dos pedidos para o debate são os deputados federais David Soares (DEM-SP), Bibo Nunes (PSL-RS); e Loester Trutis (PSL-MS).

Foram convidados para a audiência pública:

  • Coordenadora do grupo de apoio ao combate aos crimes cibernéticos da 2ª Câmara de Coordenação e Revisão do Ministério Público Federal (MPF), Neide Mara Cavalcanti Cardoso de Oliveira;
  • Coordenador da comissão de proteção de dados pessoais do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, Frederico Meinberg Ceroy;
  • Presidente do sindicato dos delegados de polícia do Estado de São Paulo (Sindpesp), Raquel Kobashi Gallinati;
  • Perito da Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais, Ivo de Carvalho Peixinho;
  • Diretor-presidente da ONG SaferNet Brasil, Thiago Tavares Nunes de Oliveira;
  • Representante do Google no Brasil;
  • Representante da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico;
  • Vice-presidente da Federação das Associações das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (SP), Ricardo Theil.

A audiência ocorre às 10 horas desta quinta-feira, no plenário 13, e terá transmissão interativa. Para participar e enviar perguntas, clique aqui.

Fonte: Câmara dos Deputados

Comentários

Veja também:

Inscrições para Especialização em Direito Eletrônico no RS
Seminário CSO Summit e Cybersegurança
Comissão de Ciência e Tecnologia debate acesso a provas pelas autoridades em crimes cibernéticos
Facebook é condenado a indenizar usuário avaliado no APP “Lulu”

2015 - Todos os direitos Reservados