Falta estrutura para combate ao cibercrime no Brasil

13/01/2016

Ao participar da sétima edição do seminário segurança da Informação (Seginfo), realizada no Rio de Janeiro, de 30/08 a 01/09, o delegado da Polícia Civil do Rio Grande do Sul, Emerson Wendt, criticou duramente a atual estrutura criada no país para combate aos crimes cibernéticos.

Comentários

Veja também:

Colunista da RED&TI cria folhetins de orientações às vítimas e policiais
Chamada de trabalhos para Congresso sobre Direitos Fundamentais e Processo Penal na Era Digital
Facebook é condenado a indenizar usuário avaliado no APP “Lulu”
STF considera inviável Habeas Corpus para acusada de crimes pela Internet

2015 - Todos os direitos Reservados