Dados Pessoais e Dados Sensíveis

A Insuficiência da Categorização

  • Guilherme Damasio Goulart UFRGS
Palavras-chave: dados pessoais, dados sensíveis, responsabilidade

Resumo

O presente artigo tem o objetivo de abordar os conceitos de dados pessoais e dados sensíveis levando em consideração os danos causados ao sujeito quando da sua violação. A doutrina defende, em geral, que os dados sensíveis são aqueles que, além de refletirem aspectos mais íntimos do indivíduo, também têm um potencial de causarem danos mais intensos em situações em que há seu mau uso. Propõe-se, a partir disso, que dependendo do contexto, o mau uso de dados pessoais não sensíveis também pode causar danos de maior intensidade ao sujeito.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Guilherme Damasio Goulart, UFRGS

Mestre em Direito pela UFRGS. Professor em nível de graduação, do curso de Direito do Cesuca e, em nível de pós-graduação, em diversas outras instituições.

Referências

DONEDA, Danilo. Da privacidade à proteção de dados pessoais. Rio de Janeiro: Renovar, 2006.

CARVALHO, Ana Paula Gambogi. O consumidor e o direito à autodeterminação informacional: considerações sobre os bancos de dados eletrônicos. Revista de Direito do Consumidor, São Paulo, n. 46, abr.-jun./2003.

LYON, David. The Eletronic Eye: The rise of surveillance society. Minneapolis: University of Minnesota, 1994.

MENKE, Fabiano. A proteção de dados e o novo direito fundamental à garantia da confidencialidade e da integridade dos sistemas técnico-informacionais no direito alemão. In. MENDES, Gilmar Ferreira; SARLET, Ingo Wolfgang; COELHO, Alexandre Zavaglia P.. Direito, Inovação e Tecnologia. V. 1. São Paulo: Saraiva, 2015.

NISSEMBAUM, Helen. Privacy in context: Technology, Policy, and the Integrity of Social Life.Stanford: Stanford University Press, 2010.

SOLOVE, Daniel. The Digital Person: Technology and privacy in the information age. New York: New York University Press, 2004.

SU, Chunhua et al. Privacy-Preservation Techniques in Data Mining. In: ACQUISTI, Alessandro et al. Digital Privacy: Theory, Technologies, and Practices. New York, Auerbach Publications, 2008.

Publicado
2015-10-02
Como Citar
Damasio Goulart, G. . (2015). Dados Pessoais e Dados Sensíveis: A Insuficiência da Categorização . Revista Eletrônica Direito & TI, 1(1), 5. Recuperado de https://direitoeti.com.br/direitoeti/article/view/22